Moda.com

 Sites pessoais ou coletivos exibem armários, dão dicas fashions e garantem inspiração para visuais descolados para todos os bolsos  

Saia ampla, vestido xadrez, lenço paquistanês, galochas. São muitas as tendências a cada estação. Afinal, a moda está cada vez mais democrática e plural. Mas, toda essa democracia, as vezes, só faz confundir. Por medo de errar, exagerar ou ficar parecida com 10 entre 10 meninas que passam por nós na rua, muitas vezes deixamos a coragem fashion guardada no fundo da gaveta e ficamos com a boa dupla jeans e camiseta.  

Mas, se a vontade de montar uma produção original e descolada falar mais alto, que tal conferir os modelitos da publicitária mineira Cristiana Guerra e se inspirar? Desde agosto de 2007, Cris, como ela é carinhosamente chamada por amigos reais e virtuais, exibe como é estilosa no “Hoje eu vou assim”.  No blog,  ela mostra as roupas que usa no dia-a-dia, para trabalhar e passear, sempre de forma original e criativa. Tanto que hoje o site é um verdadeiro fenômeno da internet , com cerca de 2800 a 3000 acessos por dia.

Além de acessarem para conferir a produção do dia, muitos internautas deixam comentários. Um dos mais recorrentes é que a publicitária e seus sites são “um vício”. Cris acha tudo isso bem divertido e louco. O sucesso impressiona a publicitária, que chegou a pensar que nunca seria ‘visitada’.

– Nunca imaginei chegar a lugar nenhum, seria muita pretensão da minha parte. Tem um pouco da minha vida também, o “Para Francisco” (blog que ela escreve para o filho), enfim, é um conjunto. E a atualização diária faz as pessoas visitarem. Virou uma espécie de reality show da moda. Agora, vendo que estou sendo capaz de me comunicar com tanta gente, dá vontade, sim, de transformar isso em alguma outra coisa. Mas não tenho a menor idéia do que seria – analisa, Cris, que além do HVA tem também o “Filé para quem é mignon“, um site bazar onde ela vende algumas peças.

REALITY SHOW DA MODA E CONSUMO CONSCIENTE

Além de serem “realities shows”, os blogs da Cris serviram para ela mesma repensar o consumo, o interesse pela moda e ainda fazer amigos. Ela conta que antes, moda era um vício, mas que agora, está ‘controlada’. Outra ponto positivo é que o “Hoje” a ajuda a ver quantas combinações ela pode fazer com o que tem. E dá a dica para quem sonha ser tão estilosa quanto ela:

–  Hoje eu quase não compro roupas! Acho que meu senso estético foi se apurando de tanto eu ter contato com as roupas e à medida que fui me conhecendo melhor. Quem se conhece melhor se veste melhor. Acho que é isso. Hoje eu acerto mais nas compras. Compro menos e melhor.

No “Filet”, além de vender algumas roupas, a maioria grifada, diga-se, a publictiária Cristiana Guerra convida as pessoas que compram que mandem uma foto mostrando como ficaram com a peça. A idéia surgiu naturalmente, as próprias compradoras começaram a mandar o estilo “Hoje Vou Assim” e ela começou a publicar.

A idéia original da Cris conquistou não apenas admiradores, como também, serviu de fonte de inspiração para diversas outras blogueiras apaixonadas por moda.  Desde o ínicio do “Filet” até hoje, os brechós, ou bazares on line tem se proliferado na web. Comprar, vender e trocar roupas de grife na internet virou uma verdadeira febre, além de uma ótima vitrine para quem quer se vestir com estilo, investindo ou gastando muito pouco.

HOJE EU VOU ASSIM OFF [ PARA POBRES]

E tem sim, como se vestir bem, com estilo, sem gastar além dos limites e sem ser refém de grifes badaladas e caras. Prova disso, é o blog “Hoje eu vou assim off [para pobres]“. No rastro do site da Cris Guerra, as amigas Ana Soares, Júlia Pessoa, Tatiana Souza, Cynthia Bravo, Carolina Slade e Viviane Oliveira criaram uma versão econômica, com roupas de marcas mais acessíveis em abril deste ano.
– A Júlia teve a idéia de criar o blog, num momento do dia em que admirávamos o Hoje Vou Assim. Rimos muito com a idéia do blog na versão pobre, até tiramos fotos no dia seguinte. Nossa intenção era apenas fazer uma brincadeira pra mostrar a Cris. Ficamos com receio dela não gostar, de não entender a homenagem. Mas a Cristiana acabou descobrindo nosso blog e adorou! Linkou no blogroll dela e assim começamos – recorda Ana.
 


A brincadeira das amigas ganhou visibilidade e, o que antes era apenas uma paródia, passou a ser uma alternativa. Se o original mostra uma seleção de roupas incriveis, mas que nem sempre estão acessíveis para todos os bolsos, como Farm, Maria Bonita Extra e outras, o HVA OFF mostra produções descoladas a precinhos camaradas. Os acessos e comentários dos internautas, o sucesso, fez com que as amigas ‘reposicionassem’ o blog.

– Atualmente o principal objetivo do blog é mostrar às pessoas que ao invés de se lamentarem por não terem condições de comprar em lojas de grife, que elas podem se vestir bem usando, por exemplo, roupas de lojas de departamento. Além disso, ninguém deve ter receio de entrar em lojas mais caras. Em bazares ou liquidações, muitas peças ficam realmente acessíveis. Assim montamos várias produções para diferentes estilos e diferentes bolsos – ensina Ana, que lembra o primeiro look que colocou no site: uma blusa que minha mãe trouxe de uma loja de São Paulo pra mim, uma calça jeans da TNG OFF e um all star branco-sujo.
 
Tal como o original, o Hoje eu vou assim OFF [Para pobres], virou uma sensação na internet. As meninas já sairam  em alguns outros blogs, matérias e  tem uma boa média de visitações, de 450 leitores diários e 800 visualizações de página por dia. O fluxo de pessoas no blog e a proposta de mostrar as produções do dia-a-dia deixaram as meninas mais  antenadas com moda e preocupadas com o que vestir.

– Agora com o blog eu me preocupo muito mais com meu visual. Tenho pouco tempo pra escolher o look do dia e me arrumar! Tem dias que dá preguiça, confesso. Mas eu lembro rapidamente da expectativa dos leitores do blog de esperaram o dia todo pra ver o resultado, então eu sempre busco dar um toque no look. Com o blog eu redescobri o meu guarda-roupa. Tem se tornado um exercício criativo diário pensar em novas alternativas para peças que estavam encostadas ou já muito usadas.

Repensar novos looks com aquelas blusinhas que você usa quase que diariamente. Reformar um jeans antigo. Ousar com um acessório maior e mais divertido. Garimpar em liquidações reais e virtuais. Exercícios possíveis para dar uma repaginada no visual, ser mais ousada e fashion sem gastar muito, usando apenas a criatividade. Se você se animou com os blogs, teve idéias e já fez um rápido levantamento do que tem no armário, veja as dicas finais das meninas:

– Moda é você estar antenada com as suas necessidades, com seu corpo. Procure inovar e exibir a sua personalidade. Realce suas qualidades e seja feliz com o que se tem e consigo mesma, acima de tudo – filosofa Ana Soares do HVA OFF.

Cris Guerra, a ‘guru’ de estilo da web, ressalta que, além de liberdade, é preciso bom senso e auto-conhecimento para se vestir bem, de forma moderna e “fashion”.

– Misturar sem sentido não fica bom. A roupa tem que ter a ver com você, com o seu jeito, seu humor, tem que ser algo que caia bem no seu corpo, que valorize você. Mas tem que ousar também. Para acertar mais, é preciso errar de vez em quando.

Reformando, reutilizando, observando e, principalmente navegando na web, você encontra dicas descoladas de produções interessantes, grifadas, acessíveis, enfim, uma verdadeira arara de opções. O importante é se permitir e ousar, afinal, como a Cris Guerra ensina, “moda é arte. Cada um de nós pode ser um quadro andando pela rua. Expressando um pouco do que o estilista quis expressar ou no que ele quis se inspirar. Expressando seu estado de espírito, sua forma de se ver e ver o mundo”.

E ai, você, já decidiu o modelito de hoje? Vai de pretinho básico ou de estampas coloridas?

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Uncategorized

6 Respostas para “Moda.com

  1. Marina Mendes

    Ficou lindo o ‘brog’!!

    Só tem q postar dessa vez, né?

  2. Livia

    Excelente matéria sobre antropologia e novas mídias na moda. Serve de lição pros intectualóides que renegam esse setor como um dos lixos da indústria cultural, ao lado somente da televisão. Moda também é uma expressão do corpo, dos sentidos, e pode ser vista de maneira simbólica, além de só intuitiva. Arrasou, Brand!

  3. Não divulga pro namorado, mas o gps tah ligado e com bateria carregada…..

    Te amo e boa sorte!!!

  4. Caramba, Cíntia, ficou muito, mas muito legal mesmo a matéria! Super bacana fazer as entrevistas e publicá-las. Me senti lendo uma revista!

    Parabéns e sucesso, viu?! Agora é só continuar firme no projeto “eu também sou blogueira”! Lembre-se do que já te falei. Isso aqui é uma vitrine. Ponto. Cabe a você agora exibir os “melhores produtos” para chamar a atenção.

    Beijos e conte sempre comigo!

  5. Oi Cíntia parabéns pelo Blog e pela Matéria!

  6. GOSTEI DEMAIS DA MATÉRIA…CONHECI SEU BLOG PELO Q AS MENINAS DO HVAOFF FALARAM…

    NÃO DESANIME NÃO…A BLOGOSFERA É UM ESPAÇO DE INTERAÇÃO E DE CONHECIMENTOS…

    EU TB TENHO UM BLOG…PASSA LÁ PRA CONHECER…E TEM NOVIDADES LÁ NO CONTEXTO…DURANTE TODA SEMANA SAIBA TUDO O QUE ESTA ROLANDO NO 1º VITÓRIA FASHION SHOW…

    ACESSE http://www.contextofashion.blogspot.com

    BJOS

    PAULA BAIÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s